sexta-feira, 6 de abril de 2012

AS CAUSAS MÉDICAS QUE LEVOU JESUS A MORRER


João 3:16:=> "Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha vida eterna".


I) JESUS PASSOU AS SUAS ÚLTIMAS HORAS ANTES DA CRUCIFICAÇÃO EM    DIVERSOS LUGARES EM JERUSALÉM.
   1 - Ele começou a noite no Cenáculo, no sudoeste de Jerusalém.
   2 - Na última ceia, Ele disse aos discípulos que Seu corpo e Seu sangue deviam ser dados por eles. (Mateus 26:26-29)
   3 - Saindo Ele da cidade indo ao jardim de Getsêmane, Ele foi então preso e levado de volta para o palácio do sumo sacerdote
   4 - Ele foi julgado pelo sinédrio, e foi declarado culpado de blasfêmia ao se proclamar Filho de Deus.
      a) Ele foi sentenciado à pena de morte. Sendo que apenas aos romanos era dado o direito de executarem criminosos
      b) Ele foi mandado a Pôncio Pilatos na fortaleza Antônia. Pilatos, não encontrando nada de errado, mandou-o para o rei Herodes, que devolveu-o a Pilatos.
      c) Pilatos, submetendo-se a pressão da multidão, então ordenou que Jesus fosse chicoteado e crucificado.
      d) Ele foi finalmente conduzido para fora dos muros da cidade para ser crucificado no Calvário.

II)  O INÍCIO DO SEU SOFRIMENTO

   1 - O sofrimento começou no Cenáculo de uma casa que nós chamamos agora de a Última   Ceia, Aonde Jesus, deu a primeira comunhão, profetizando que Seu corpo e sangue seria dado.(Mateus 26:17-29)

III) GETSÊMANI: prensa de óleo
Lucas 22:44=> "E, posto em agonia, orava mais intensamente; e o seu suor tornou-se como grandes gotas de sangue, que caíam sobre o chão."
  1 - "O Espírito de Deus....esmagado".
  2 - Era aqui que Jesus agonizou em oração sobre o que deveria ocorrer
      a) A palavra Grega para agonia significa "empenhada em combate”, Jesus agonizou sobre o que Ele teria que passar, sentindo que Ele está ao ponto de morrer (Marcos 14:34 ).
  3 - De importância médica, é que Lucas o menciona tendo suado sangue.

a)     O termo médico para isto, "hemohidroses" ou "hematidrose" tem sido visto em pacientes que experimentaram extremo stress ou choque nos seus sistemas.

b)    Os capilares em volta dos poros suados tornam-se frágeis e começam a pingar sangue no suor.

      c) O efeito disso é que a pele fica muito frágil de modo que quando Jesus foi açoitado pelo os soldados romanos, sua pele estava muito sensível.

IV) ABANDONADO PELOS HOMENS
   1 - Mateus 26:56b:=> "Então todos os discípulos, deixando-o fugiram."
   2 - Salmos 22:11:=> "Não te alongues de mim, pois a angústia está perto, e não há quem acuda."
   3 - Enquanto estava em Getsêmane, Jesus é traído por Judas e preso pelos Judeus. Todos os seus discípulos o abandonaram, até mesmo ao custo de ter que correr nu
      a) Marcos 14:51-52=> 51  E um certo jovem o seguia, envolto em um lençol sobre o corpo nu. E lançaram-lhe a mão.52  Mas ele, largando o lençol, fugiu nu.
      4 - Ele é preso (João 18:12) então levado de volta para a cidade e para corte do Sumo         Sacerdote, aonde é localizada perto do Cenáculo.
   
V ) ASPECTOS ILEGAIS DO JULGAMENTO DE JESUS
   1 - Os Judeus permitem que Barrabás fosse liberado e exigiram que Jesus fosse crucificado, ainda gritando que, "O Seu sangue caia sobre nós e sobre nossos filhos!" (Mateus 27:25) Pilatos entrega Jesus para ser chicoteado e crucificado.

   2 - É neste momento que Jesus sofre um violento espancamento físico.
      a) Durante as chicotadas, a vítima era amarrada a um poste, deixando suas costas inteiramente exposta.
      b) Os Romanos usavam um chicote, chamado flagrum ou flagellum o qual consiste em pequenas partes de osso e metal unidos a vários cordões de couro.
      c) O número de golpes na lei judaica foi estabelecido em Deuteronômio 25:3 em quarenta, mais tarde reduzido a 39 para prevenir golpes excessivos por um erro de contagem..
      d) A vítima freqüentemente morria por causa do espancamento. (39 golpes acreditava-se trazer o criminoso a " um da morte".)
      e) Durante as chicotadas, a pele era arrancada das costas, expondo uma massa ensangüentada de músculo e osso, deixando penduradas tiras de carne ensangüentadas  
            * Jesus entrava em choque hipovolêmico (perda de grande quantidade de    sangue)
            * Ocorria extrema perda de sangue pelo espancamento, enfraquecendo a vítima, às  vezes, a ponto de ficar inconsciente.
               *Os rins para de produzir urina para conservar o volume que sobrou    
             * Jesus fica com muita sede,  pois o corpo pede por líquidos para repor o sangue que perdeu
               * Vemos isso quando Ele cai com a cruz e mais tarde pede água

VI) A SEVERIDADE DO ESPANCAMENTO
   1 - Isaías 50:6:=> "Ofereci as minhas costas aos que me feriam, e as minhas faces aos que me arrancavam a barba; não escondi o meu rosto dos que me afrontavam e me cuspiam."
   2 - Isaías 52:14: =>"...Como pasmaram muitos à vista dele - pois o seu aspecto estava tão desfigurado que não era o de um homem, e a sua figura não era a dos filhos dos homens...".



VII) OS SOFRIMENTOS NA CRUZ
Salmo 22:14-17: => "Como água me derramei, e todos os meus ossos se desconjuntaram; o meu coração é como cera, derreteu-se no meio das minhas entranhas. A minha força secou-se como um caco e a língua se me pega ao paladar; tu me puseste no pó da morte." Pois cães me rodeiam; um ajuntamento de malfeitores me cerca; traspassaram-me as mãos e os pés.Posso contar todos os meus ossos. Eles me olham e ficam a mirar-me."
   1 - Entre os crucificados incluíam escravos, provincianos e os tipos mais baixos de criminosos.
   2 - O Procedimento da crucificação pode ser resumido conforme o seguinte.
      a) Os pregos, com aproximadamente 18 centímetros de comprimento e com 1 cm de diâmetro eram cravados nos pulsos.
          * Nessa época os pulsos eram considerados parte das mãos
          * Não poderia ser nas mãos, pois não suportaria o peso do tronco           
      b) Os pregos entraram na proximidade do nervo mediano (chamado ULNA), causando choques de dor igual quando bate o cotovelo e levamos um choque.
   3 - Os braços ficam esticados  e os ombros saem do lugar, e os seus ossos são desconjuntados, conforme o salmo 22.14.

VIII) ABANDONADO POR DEUS - MORTE ESPIRITUAL
   1 - Mateus 27:46: "Cerca da hora nona, bradou Jesus em alta voz, dizendo: Eli, Eli, lamá sabactâni; isto é, Deus meu, Deus meu, por que me desamparaste?"
      a) Com o pecado do mundo sobre Ele, Jesus sofreu a morte espiritual (separação do Pai).
          * Isaías 59:2 diz que o pecado causa separação de Deus, e que Ele esconde Sua face  de vós de modo que Ele não ouça.
          * O Pai teve que virar a face de Seu Filho Amado quando estava na cruz.

IX )  A CAUSA DA MORTE
   1 - A crucificação leva a pessoa a asfixia
      a) A razão para isso é a tensão sobre os músculos e o diafragma, onde a pessoa fica somente na posição de inalar
      b) Para exalar a pessoa tem de firmar-se sobre os pés, aliviando assim a tensão sobre os músculos
          * Ao fazer isso o prego vai rasgando os pés.
          * Essa repetição leva a pessoa a exaustão até não conseguir respirar mais.
      c) Ao diminuir a respiração, ele entra no estado de acidose respiratória
        * O dióxido de carbono no sangue é dissolvido em ácido carbônico aumentando a acidez do sangue
        * Isso faz o coração bater de modo irregular, levou-o ao ataque cardíaco.

2 - A água e o sangue que sai de Jesus quando a lança lhe é transpassada
 a) JOÃO 19.34=>   Contudo um dos soldados lhe furou o lado com uma lança, e logo saiu sangue e água.
* O choque hipovolêmico (Perda de sangue excessiva) leva o coração a bater rapidamente, levando o acumulo de líquido na membrana em torno do coração
* Daí chamarmos  de efusão pericardial e efusão pleural

   4 - Porque os soldados quebravam as pernas dos criminosos?
      a) Jo 19.32,33 => Foram, pois, os soldados, e, na verdade, quebraram as pernas ao primeiro, e ao outro que como Ele fora crucificado;
33  Mas, vindo a Jesus, e vendo-o já morto, não lhe quebraram as pernas.
          * Era costume quebrar as pernas dos criminosos para apressar a sua morte
          *Ao quebrar as pernas do criminoso, ele era impedido de se apoiar sobre elas, impedindo assim, que ele empurra-se o seu corpo para cima e respirar.
          * Não podendo assim fazer o criminoso morria por asfixia.

Por Pr.Elias Rébuli

Nenhum comentário:

Postar um comentário