segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Três seguidores do reverendo Moon ateiam fogo em si mesmos

Três seguidores do reverendo Moon ateiam fogo em si mesmosTrês seguidores do reverendo Moon ateiam fogo em si mesmos
Faltando poucos dias para o primeiro aniversário da morte de Sun Myung Moon, o Reverendo Moon, três membros da seita atearam fogo em seus próprios corpos e estão em estado grave.
O atentado aconteceu nesta quinta-feira (21) na sede da Igreja da Unificação, localizada a leste de Seul, na Coreia do Sul. Segundo a agência de notícias Yonhap, duas mulheres e um homem atearam fogo em si mesmos dentro da igreja e foram levados para o hospital.
Os feridos estão em estado grave e apresentam queimaduras graves em todo o corpo.
No próximo dia 3 completa um ano que o líder religioso morreu. O reverendo Moon tinha 92 anos e era conhecido mundialmente por se apresentar como o cumpridor do plano de Deus, já que Jesus Cristo não teria conseguido completá-lo.
Sun Myung Moon nasceu na Coreia do Norte e em 1954 criou a Igreja da Unificação, afirmando que recebera uma visita de Jesus lhe incumbido de terminar a obra por ele inacabada. Foi nessa visão que ele recebeu o dom para ser “o segundo messias’. A seita diz ter mais de três milhões de adeptos em 200 países. Com informações UOL.

Nenhum comentário:

Postar um comentário