sábado, 30 de junho de 2012

Censo mostra queda de fiéis da Igreja Universal e crescimento da Mundial do Poder de Deus


Censo mostra queda de fiéis da Igreja Universal e crescimento da Mundial do Poder de Deus
Pela primeira vez a Igreja Mundial do Poder de Deus aparece na lista de igrejas do Censo, documento divulgado nessa sexta-feira (29) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE). O Censo mostra que a igreja fundada por Valdemiro Santiago não para de crescer enquanto a Igreja Universal do Reino de Deus segue perdendo fiéis.
O documento divulgado anteriormente mostrava que a IURD tinha 2,102 milhões de membros no Brasil e pelos dados divulgados hoje, obtidos por meio de amostragem, a denominação de Edir Macedo tem hoje cerca de 1,813 milhão, uma perda de 229 mil.
Santiago, que não economiza para divulgar seu trabalho através dos meios de comunicação, soma 315 mil seguidores segundo o Censo, possuindo templos em diversas partes do país, principalmente na região sudeste onde está a maioria dessas igrejas.
O crescimento da Mundial chegou a incomodar Edir Macedo, que através da Rede Record divulgou uma matéria no principal programa da emissora dizendo que Valdemiro Santiago, seu ex-bispo, estaria usando o dinheiro arrecado dos fiéis para enriquecimento próprio.
Antes, porém dessa reportagem, a IURD TV mostrou diversos vídeos falando sobre ex-pastores e obreiros que trocaram a Igreja Universal pela Mundial e que estavam arrependidos.
Crescimento também no exterior
Não é só no Brasil que a IMPD está crescendo, recentemente um templo foi inaugurado no Uruguai, mas é possível encontrar o ministério fundado há 14 anos em outros 18 países.
O pesquisador do IBGE, Claudio Dutra Crespo, ressalta que no Censo de 2000 a Igreja Mundial nem aparecia na pesquisa e que agora teve 315 mil declarantes, ou seja, pessoas que confirmaram frequentar essa denominação.
“Ela apareceu (no Censo 2010) com 315 mil pessoas e em 2000 nem aparecia. Foi a única denominação nova que se ressaltou no número de declarantes”, afirmou ele que é Coordenação de População e Indicadores Sociais do IBGE.

COBRAR PARA PREGAR: ISSO É CORRETO?


.
Por Leonardo G. Silva – Th.M.
.
Essa pergunta já me foi feita várias vezes e graças a Deus tenho minhas convicções muito bem firmadas. A essa pegunta batida e surrada a minha resposta é sempre a mesma: um reverberante não!
Jesus nunca cobrou para pregar às multidões, e assim deixou-nos a preciosa lição de que aquilo que recebemos de graça, devemos dar de graça também. O apóstolo Paulo, apesar das constantes necessidades que envolvem a obra missionária, nunca exigiu que nenhuma igreja lhe enviasse ofertas, antes recebia de bom grado e com ações de graças aquilo que lhe era enviado. A verdade é que nenhum dos apóstolos do Senhor jamais estipularam uma quantia para pregar a palavra de Deus em alguma cidade.
É claro que há alguns textos que enfatizam a necessidade de se sustentar os obreiros: “Digno é o obreiro do seu salário” (1Tm 5.18) e “o que é instruído na palavra, reparta seus bens com quem lhe instrui” (Gl 6.6) estão entre eles. Conheço essas passagens. Jamais disse que um pastor não é digno de receber salário. “O lavrador que trabalha deve ser o primeiro a colher os grãos” (2Tm 2.6). Não, meu irmão: eu não estou indignado com os pastores assalariados. Estes sim, são dignos de receber tal honra, haja vista o trabalho que desempenham. A minha indignação tem outro motivo.
Cada vez mais no nosso país se multiplicam as estrelas gospels, com seus super ternos marca Armani, seus sapatos de couro de jacaré, suas abotoadeiras de ouro 18 quilates e sua enfadonha e repetitiva mensagem. Muitos chegam a cobrar até 15 mil reais para pregar em uma só noite! É com essa corja infeliz que eu vocifero minha repulsa e desafeto.
Os pregadores shows, ou ainda animadores de auditório, são os trabalhadores mais caros de nosso país. Qual é o profissional formado que ganha 15 mil reais em uma hora de trabalho? Pois é: as estrelas gospels, pregadores de mega-eventos chegam a ganhar 15 mil reais por apenas uma hora de performance sobre um púlpito. Aliás, é por causa disso que vocês dificilmente me encontrarão em congressos de reteté, ovacionando um pacóvio que memorizou meia dúzia de chavões e já pensa que é pregador. Eu tenho colegas pastores que recebem como paga de um mês de pastoreio fiel de sua congregação apenas um salário mínimo e quando muito dois – sim, pois ao contrário do que se pensa, é isso que ganha um pastor da Assembléia de Deus, a maior denominação do nosso país, exceto os que presidem as instituições. Pois é: aí aparece um aventureiro que gravou um DVD lá na “Meca dos pentecostais” (quem lê, entenda) exigindo como salário de uma hora de pregação o que um pastor de igreja não ganha nem em um ano! Tá faltando é óleo de Peroba…
No mundo musical gospel a coisa é ainda pior: 15 mil reais em alguns casos só dá pra trazer o cantor na igreja para cantar 2 a 3 músicas, e só se for com play-back! Certa vez eu quis convidar uma cantora dessas para divulgar a nossa pequena rádio no interior de Minas Gerais, e a abençoada teve a audácia de exigir 17 mil reais, 12 passagens de avião (primeira classe, óbvio!), hotel de luxo e todas as despesas por nossa conta, e isso sem falar no aluguel do ginásio e do som. É claro que eu não “contratei” a irmã estrela.
Realmente esses cantores e pregadores shows são uma das classes mais abusivas que existem no meio evangélico. Eu disse “uma das classes” porque entendo que existe outra ainda pior: a dos contratantes das estrelas. Há centenas de obreiros frouxos que por não conseguirem manter o povo com a Palavra de Deus, contratam um profeta fanfarrão para dar ao povo pão e circo. E não só isso, mas também convidam estrelas extravagantes que com uma melodia hipnótica levam o povo a um frenesi doido. Estes, “choram” as suas melodias sem sentido tocadas geralmente em quatro acordes, enquanto pensam no cachê que vão receber logo depois que o “culto” acabar. Sim, os contratantes são os piores, pois estes tiram o dinheiro da boca do obreiro assalariado, que durante anos serve ao seu líder denominacional sem nunca levantar a voz e dão às estrelas (de)cadentes, que não têm nenhum compromisso com a igreja: pregam e cantão hoje aqui, e amanhã sabe Deus onde estarão… E assim, o dinheiro que poderia ser investido na assistencia social, na costrução de novas igrejas, em salário de obreiros e na obra missionária, acaba sendo entregue ao ídolo gospel. É isso que acontece nos mega-congressos da sua igreja, meu caro! Ou você pensa que aquele cantor super pop star e aquele pregador do reteté que prega na televisão vai na tua igreja de graça? Eles cobram, e o cachê deles é caríssimo.
É por isso que eu não pago pregador nem cantor para pregar na igreja; eu dou é valor na prata da casa, nos obreiros fiéis que estão ao meu lado e nos músicos da igreja. Que Deus me livre de tirar a comida da boca de um obreiro fiel que se dedica ao pastorado de tempo integral, para dar para um aventureiro farsante e aproveitador da fé alheia. Comigo não, violão! rs…
Não gosto, não apoio e não creio que essa exploração existente no mercado gospel seja bíblica. Quem cobra cachê para pregar nunca vai pregar na minha igreja (mesmo porque ela é pequena, obra missionária, e não tenho os 15 mil para pagar para as estrelas da pregação, rs). Verdadeiro é o ditado que diz que “o homem que se vende, não vale o que pede”.
Fonte: Púlpito cristão

Assembleia de Deus é a denominação que mais cresce entre os evangélicos


Daniel Berg e Gunnar Vingrem.
De acordo com dados do Censo divulgado nesta sexta-feira (29) pelo IBGE, a Assembleia de Deus é a igreja que mais cresceu no Brasil entre 2000 e 2010, passando de 8,4 milhões de membros para 12,3 milhões.
Os dados confirmam que a AD continua sendo a maior denominação evangélica do Brasil, mesmo sendo dividida em tantos ministérios. Fundada em 1911 por missionários suecos que desembarcaram em Belém (PA), hoje, 101 anos depois, a Assembleia de Deus está espalhada por todos os estados do país reunindo membros de todas as idades e classes sociais.
Censo de 2010 mostra que entre os brasileiros que se declaram evangélicos, 60% – que representa 10,4% da população – são de igrejas pentecostais, enquanto que apenas 18,5% são de igrejas históricas como luteranos, presbiterianos, metodistas, batistas e etc. Essa parcela representa 4,1% dos brasileiros.
O coordenador de População e Indicadores Sociais do IBGE, Cláudio Dutra Crespo, fala sobre o crescimento dos evangélicos do Brasil. “O crescimento dos evangélicos foi impulsionado, principalmente, pelas igrejas pentecostais. As de missão pararam de crescer”, disse ele.
As igrejas neopentecostais também estão em ritmo de crescimento, principalmente a Igreja Mundialdo Poder de Deus que apareceu no Censo pela primeira vez, mesmo tendo mais de 14 anos de existência.

sexta-feira, 29 de junho de 2012

Com mais 16 milhões de fiéis em 10 anos, evangélicos são 22,2% dos brasileiros


Os evangélicos foram o segmento religioso que mais cresceu no Brasil no período entre os censos de 2000 e 2010. Segundo os números divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta sexta-feira, em 2000, os evangélicos representavam 15,4% da população. Em 2010, com um aumento de cerca de 16 milhões de pessoas (de 26,2 milhões para 42,3 milhões), chegaram a 22,2%. Em 1991, este percentual era de 9,0% e em 1980, 6,6%.
De acordo com o Censo, a proporção de católicos seguiu a tendência de redução observada nas duas décadas anteriores, embora permaneça majoritária. Em paralelo, consolidou-se o crescimento da população evangélica. A pesquisa indica também o aumento do total de espíritas, dos que se declararam sem religião, ainda que em ritmo inferior ao da década anterior, e do conjunto pertencente às outras religiões.
No questionário feito pelo Censo 2010, os evangélicos foram divididos entre evangélicos de missão - luteranos, presbiterianos, metodistas, batistas, congregacionais, adventistas etc. -, evangélicos pentecostais - Assembleia de Deus, Igreja do Evangelho Quadrangular, Igreja Universal do Reino de Deus, Maranata, Nova Vida, entre outras - e igrejas evangélicas não determinadas.
Dentro do crescimento de 15,4% para 22,2% do números de evangélicos, os pentecostais foram os que mais cresceram: passaram de 10,4% em 2000 para 13,3% em 2010. Também foi observado aumento expressivo do segmento da população que apenas respondeu ser evangélica, não se declarando como de missão ou de origem pentecostal: de 1% para 4,8%. Já a parcela da população que se declarou evangélica de missão teve ligeira redução proporcional, caracterizando estabilidade em sua participação relativa no total da população: de 4,1% para 4,0%.
Ainda segundo os dados do Censo 2010, os evangélicos tem perfil jovem. Os pentecostais eram mais jovens, com uma idade média de 27 anos e os de missão, 29 anos. A maioria dos evangélicos também se identificou como de cores parda (45,7%) e branca (44,6%).
A comparação da distribuição por rendimento mensal domiciliar per capita entre todas as religiões revelou que os evangélicos pentecostais são o grupo com a maior proporção de pessoas concentrados na faixa até 1 salário mínimo (63,7%), seguidos dos sem religião (59,2%).
Fonte: Ig

quinta-feira, 28 de junho de 2012

Valdemiro Santiago deve apoiar criador do kit-gay, Fernando Haddad, para prefeito de São Paulo

Valdemiro Santiago deve apoiar criador do kit-gay, Fernando Haddad, para prefeito de São Paulo
Nas últimas semanas um dos destaques da política no Brasil foi o apoio que o candidato a prefeito em São Paulo, Fernando Haddad (PT), recebeu do polêmico Paulo Maluf (PP). O anúncio da coligação partidária foi marcado por uma polêmica foto em que o ex-presidente Lula cumprimenta Maluf, seu adversário histórico. A aliança pode significar também o apoio político do apóstolo Valdemiro Santiago.
A coligação de Haddad, que ficou conhecido como o pai do kit gay, teve como principal motivo, segundo os analistas políticos, a obtenção de um tempo maior durante a propaganda eleitoral obrigatória na TV.
De acordo com a coluna da jornalista Mônica Bergamo no site do jornal Folha de S. Paulo, além do acréscimo de um minuto e 35 segundo no tempo de TV a aliança com o PP trás para Haddad o apoio estratégico do apóstolo Valdemiro Santiago, da Igreja Mundial. Apontado como adversário de Edir Macedo, da Igreja universal, Santiago é líder de uma denominação que reúne milhares de potenciais eleitores e, junto a seu apoio ao candidato a prefeito, deve lançar um candidato a vereador sob a legenda do partido.

Para se livrar do estigma de criador do kit-gay, Haddad tem buscado constante apoio entre pastores evangélicos. Essa estratégia foi criticada pelo pastor Silas Malafaia, que afirmou: “O senhor Fernando Haddad está querendo passar um atestado de idiota aos pastores e ao povo evangélico de que ele não tem nada com isso em relação ao kit gay”.
O jornal destacou ainda que ao recebeu Lula em seu programa, o apresentado Ratinho, do SBT, disse ao ex-presidente que “o apóstolo Valdemiro te mandou um abraço”, e Lula teria respondido imediatamente afirmando: “Diga pra ele que nós precisamos conversar”.
Fonte: Gospel mais

quarta-feira, 27 de junho de 2012

Igreja que promove treino de MMA dentro do templo é destaque em programa da Globo


Lutadores do projeto treinam dentro da igreja (Foto: Reprodução/TV Globo)
A popularidade do MMA está alcançando lugares nunca imaginados, como por exemplo, os templos evangélicos. O ministério “Verbo da Vida” da zona oeste do Rio de Janeiro agora oferece treino para os jovens.
A proposta partiu do professor Jorge Turco que conseguiu convencer o pastor Edmilson que até então era relutante quanto a prática desse esporte de luta dentro da igreja.
“Como o crescimento da luta está assustador e o evangelho também, a junção dos dois serve para trazer esses jovens que estão perdidos aí sem saber o que fazer. Na luta, a gente canaliza e direciona eles para um caminho de sucesso”, disse Turco.
O pastor que era relutante acabou se empolgando com a ideia e logo nos primeiros treinos percebeu que o projeto seria bom para os fiéis da igreja. Hoje cerca de 50 pessoas entre jovens e adultos participam dos treinos.
Depois de acompanhar os resultados de perto, o pastor confessa que mudou sua visão sobre o MMA. “Sinceramente, é claro que eu mesmo já tive uma visão um tanto quanto equivocada. Embora haja ainda um preconceito dentro do meio evangélico, a nossa proposta é exatamente desmistificar isso. O evangelho não é religião, o evangelho são princípios e através do esporte a gente pode na cabeça do jovem esses princípios de vida”, disse ele.
Mas o esporte não ajuda apenas na parte física, mas também emocional, como atesta Anderson Gomes, pai de dois jovens que praticam o MMA dentro da igreja. Ele diz que o rendimento escolar dos meninos melhorou e que o convívio familiar também apresentou melhoras. “A maneira de falar com os pais e a obediência melhoraram bastante. Até o resultado das notas melhoraram também”, contou ele ao site do SporTV.
Assista:
Fonte: Gospel prime

Circuncisão religiosa passa ser crime na Alemanha


circuncisão religiosa
A mutilação faz parte dos rituais judaicos e islâmicos

O Tribunal Regional de Colônia, Alemanha, equiparou a circuncisão de crianças a crime de ofensa corporal. A prática faz parte de rituais judaicos e islâmicos. 

Dieter Graumann, chefe do Conselho Central dos Judeus na Alemanha, reagiu com ênfase à decisão, embora ela não tenha validade nacional, além de caber recurso. Em nota, Graumann pediu a intervenção do Parlamento Federal para garantir a liberdade religiosa. 

“[A circuncisão] é parte integrante da fé judaica praticada há milênio”, disse. “Proibi-la é ultrajante e insensível, porque se trata de um direito respeitado em todos os países do mundo.” 

O Tribunal emitiu a sentença a propósito de um garoto muçulmano de 4 anos que deu entrada em 2010 em um hospital com sangramento após vários dias de sua circuncisão. A Promotoria levou o caso à Justiça, acionando o médico responsável pela intervenção. 

A Justiça de primeira instância julgou que a circuncisão é uma decisão que cabe aos pais. A Promotoria entrou com recurso no Tribunal Regional, que inocentou o médico, mas considerou a circuncisão uma lesão corporal contra a qual as crianças devem ser protegidas. 

Para os juízes, esse ritual religioso pode ser realizado em adultos, porque estes têm poder de discernimento e podem decidir se querem ou não a mutilação.

Holm Putzke, professor de direito penal e defensor da proibição da circuncisão involuntária, disse ter a expectativa de que a sentença do Tribunal de Colônia leve a Alemanha a questionar a liberdade religiosa, se ela está ou não acima do direito das crianças de não terem seus órgãos genitais mutilados. 

Em 1999, o Tribunal Superior do país decidiu a favor da liberdade religiosa em um caso envolvendo abate islâmico, com sofrimento do animal. 

Com informação

Leia mais em http://www.paulopes.com.br/#ixzz1z1KmaM6v

terça-feira, 26 de junho de 2012

Ambulância dos desejos' em Israel realiza sonhos de doentes terminais


No último dia 21 a israelense Sima Akrish, da cidade de Ashkelon, se casou. Porém, para ela, a alegria da ocasião não seria completa sem a presença de sua tia, Miriam Yhia, que se encontra hospitalizada no hospital Hadassa de Jerusalém, em estado terminal.

A família recorreu ao Serviço de Salvamento de Israel – Magen David Adom - (estrela de David vermelha, em tradução livre), depois de ouvir falar sobre o atendimento especial oferecido pela organização.

Trata-se da "Ambulância dos Desejos", que possibilita a realização dos mais diversos sonhos de pacientes que se encontram à beira da morte.
"Foi uma experiência maravilhosa para todos nós", afirmou a mãe da noiva, Lea Akrish, à BBC Brasil. "A Ambulância dos Desejos trouxe Miriam ao casamento em Ashkelon e todos riram e choraram ao mesmo tempo, ao vê-la participando conosco da festa de casamento da minha filha".

De acordo com os médicos, Miriam, que sofre de câncer no cérebro, pode morrer a qualquer momento. Mas, segundo o relato de Lea, seu estado de espírito "melhorou muito" depois de participar do casamento da sobrinha.

"Antes do casamento ela já nem falava mais", disse Lea, "mas durante a festa até chegou a cantar e a sorrir".
O idealizador da Ambulância dos Desejos, Assi Dvilansky, disse à BBC Brasil que nos últimos três anos centenas de pessoas se beneficiaram da oportunidade única que o projeto proporciona.
Sem fronteiras
Magen David Adom
Ambulância dos desejos atende pacientes terminais
"O projeto é aberto a todos os doentes terminais, de todas as origens, nacionalidades, raças e religiões", afirmou Dvilansky, que também é o diretor de Projetos Especiais do Magen David Adom.
De acordo com Dvilansky, a Ambulância dos Desejos já levou um menino iraniano de 13 anos para ver a Mesquita de El Aqsa em Jerusalém Oriental, projeto que foi realizado com a colaboração da Turquia e da administração palestina da mesquita (Waqf).
"Apesar dos problemas entre Israel e o Irã, fizemos todos os esforços para possibilitar que aquele menino pudesse realizar seu sonho antes de deixar este mundo", disse.
"Muitas vezes é bastante complicado realizar os desejos das pessoas, porém nós não poupamos esforços para dar a elas e a suas famílias a oportunidade de um momento feliz em meio às dificuldades que estão passando", afirmou.
Na segunda-feira, um doente terminal que sofre de esclerose múltipla foi levado para participar da cerimônia de conclusão dos estudos secundários de sua filha.
Embora esteja quase completamente incapaz de se mexer (se comunica apenas por intermédio do piscar dos olhos), o paciente, que no passado era diretor da mesma escola onde sua filha se formou, teve a oportunidade de rever o local onde trabalhava e de estar perto da família.
Equipamentos
A ambulância utilizada para o projeto é um veículo especialmente fabricado para suprir qualquer necessidade médica que possa surgir durante as viagens.
Um sistema especial de amortecedores evita que o paciente sofra com eventuais buracos na estrada, e um aparelho de vídeo permite que ele veja o percurso por intermédio de uma tela instalada em frente à cama, dentro da ambulância.
Uma equipe de paramédicos especialmente treinados acompanha os pacientes nas viagens.
"O paciente vê o caminho como se estivesse sentado ao lado do motorista", disse Dvilansky.
A ambulância é especialmente grande, possibilitando que o doente seja transportado na própria cama do hospital.
"Já levamos pessoas para ver o mar, passear em Tel Aviv, conhecer o Mar Morto, participar de festas familiares, visitar museus", afirmou. "O serviço é grátis e aberto a todos".
fonte :Ig

Bíblia salva mulher de bala perdida


Bíblia salva mulher de bala perdida
O casal Marcos Souza e Danúbiah Mendes estava em uma moto andando pela Via Dutra, na altura da saída para São João de Miriti, quando ouviram três tiros. Marcos que diria a moto acelerou sem saber que os tiros haviam atingido o baú da motocicleta.
Evangélicos, eles seguiam de uma igreja em Austin a caminho de outra igreja em Vilar dos Teles e só perceberam que foram atingidos no final do culto, quando viram que a Bíblia estava rasgada.
A bala passou pelo baú e foi impedida de atingir as costas de Danúbiah porque as folhas da Bíblia impediram que o projétil seguisse, ficando alojada na altura do capítulo oito do Apocalipse.
Quando viram um furo no Livro Sagrado, eles pensaram que alguma criança teria feito com uma caneta, mas logo perceberam que a bala estava ali dentro. “Sempre acreditei na salvação em muitos aspectos, mas dessa vez foi uma coisa visual”, disse Danúbiah ao jornal Extra.
O baú da motocicleta furado pela bala Foto: Fábio Guimarães / Extra
“Vi a bala ali dentro, lembrei dos tiros e chorei”, conta ela. Seu esposo relata que por volta das 19h40 ouviu três tiros. “Eu estava ultrapassando três carros. Quando ouvi o barulho, acelerei mais”.
O fato aumentou ainda mais a fé do casal. “A Bíblia salva de muitas maneiras. Dessa vez, foi físico. Algumas folhas de papel salvaram a vida da minha esposa”, disse o jovem que também ficou muito emocionado.

segunda-feira, 25 de junho de 2012

Pai Bruno era evangélico e cantava no coral da igreja, diz mãe do pai de santo


Pai Bruno era evangélico e cantava no coral da igreja, diz mãe do falso pai de santo
Nas últimas semanas a Polícia do Rio de Janeiro conseguiu prender o Pai Bruno, um jovem de 23 anos que anunciava nos jornais que conseguia trazer o amor de volta em apenas três horas com a ajuda de espíritos.
O que ninguém imaginava é que até dois anos atrás Edmar Santos de Araújo, seu nome verdadeiro, era evangélico e frequentava a Igreja Batista de Miguel Couto, em Nova Iguaçu. Sua mãe, Jussiara, de 53 anos, contou para o jornal Extra que seu filho até participava do coral da igreja.
“Deus me deu como filho Edmar, que era um doce de menino, e não Pai Bruno” disse ela que está bastante abalada. Pai Bruno foi preso depois de extorquir quase R$2.000 de um cliente que estava abalado emocionalmente e aceitou pedir ajuda para “forças ocultas” para reatar o relacionamento.
Para a mãe do falso pai de santo seu filho está sob influência maligna e que tudo isso começou em 2010 quando ele passou a ser incentivado por amigos a frequentar “centros de macumba”, para os babalorixás ele não representa a religião por não ter tido iniciação no candomblé.
Os familiares de Edmar não conseguem explicar como que o jovem, o caçula de três irmãos – Jucimar e Luvimar, de 32 e 30 anos respectivamente – passou a servir ao diabo mesmo depois de anos sendo ensinado de acordo com a Bíblia.
Nos anúncios o Pai Bruno de Pombagira dizia que evocaria o demônio e ainda afirmava: “vou te provar que o diabo existe”. Quem estava em desespero acreditava poder ter a pessoa amada de volta e acabava caindo no golpe.
Além desse caso do morador do Arpoador que denunciou o falso pai de santo, outras duas vítimas também abriram queixa, uma na delegacia de Niterói e outra em Comendador Soares.

Léo Moura se batiza na Igreja Batista Central da Barra


Léo Moura se batiza em Igreja Batista
O jogador Léo Moura se batizou no último dia 23 em uma reunião de batismo realizada pela Igreja Batista Central da Barra da Tijuca em um sítio em Pedra Guaratiba.
Leonardo da Silva, como foi apresentado, estava acompanhado por outras 66 pessoas que tomaram a mesma decisão, aceitando a Cristo como único Senhor e Salvador e de descer às águas.
“Não posso reclamar da minha vida antes da Igreja, mas espero que daqui por diante seja melhor, junto à minha família”, disse o camisa 2 do Gávea que tem 33 anos.
Durante a reunião ele testemunhou aos presentes sobre sua transformação dizendo que não teve uma vida ruim, mas que hoje é muito mais feliz. Ele também conta que duas senhoras chegaram para ele somente para dizer que Deus tinha uma obra a realizar através dele.
“Uma vez, em Brasília, numa tarde de autógrafos num shopping, havia uma fila com mais de mil pessoas. Duas senhoras se aproximaram, e uma falou: ‘Não vim pegar autógrafo ou tirar foto. Vim lhe dizer que Deus tem uma grande obra para a sua vida’. Hoje, tenho certeza que essa obra vai se realizar. Não quero mais largar essa vida”, relembra.
Muito emocionado, o jogador não deixou de mostrar que estava nervoso e ao mesmo tempo bastante feliz com a decisão que tomou. Em seu Twitter Léo Moura postou uma foto dele na piscina acompanhado pelos pastores, um deles é o pastor Emerson Pinheiro.
Com informações O Dia

quinta-feira, 21 de junho de 2012

Avon retira livros do pastor Silas Malafaia de seu catálogo Após protestos de ativistas gays


Após a criação de uma petição pública por parte de ativistas gays, a empresa de cosméticos Avon resolveu tirar de seu catálogo os livros do pastor Silas Malafaia.
Os títulos, publicados pela editora Central Gospel, eram oferecidos no material que a empresa envia para suas revendedoras. Entre os títulos do pastor que eram vendidos pela Avon, estava o livro “A estratégia: o plano dos homossexuais para transformar a sociedade”.
O abaixo-assinado promovido pelos ativistas gays foi promovido nas redes sociais e acompanhado de protestos nestes mesmos canais, segundo informações do site A Capa.
O pastor Silas Malafaia chegou a declarar que os ativistas gays estavam dando “tiro no pé”, por promovê-lo “com tamanha grandeza”.
Inicialmente a empresa havia se negado a retirar os livros do pastor Silas Malafaia de seu catálogo, e chegou a publicar uma nota em sua página no Facebook, afirmando que tinha “como um de seus mais importantes pilares o respeito à diversidade, em todos os seus aspectos”, e garantia que o objetivo da empresa era “atender de forma ampla e democrática aos consumidores de mais de 100 países, oferecendo uma ampla variedade de cosméticos e outros produtos – entre eles os livros -, para atender à pluralidade de preferências, ideias e estilos de vida”.
Porém, com a dimensão dos protestos, a edição mais recente do catálogo “Moda e Casa”, enviado no dia 13/06 às revendedoras, não contem os títulos do pastor que tradicionalmente eram oferecidos nessa seção. A empresa não esclareceu se a retirada dos livros é definitiva ou provisória.

Exército diz sim para gays


O Exército admitiu ontem que aceita militares gays em seus quartéis. “O Exército Brasileiro não discrimina qualquer de seus integrantes, em razão de raça, credo, orientação sexual ou outro parâmetro”, informou a Força Terrestre, por meio de nota oficial enviada a O DIA. A informação surgiu após questionamento sobre a posição do Exército em relação ao casamento, em maio, de um major, lotado em hospital militar de São Paulo, com um companheiro civil.
De acordo com o Exército, o major não tem registro civil de matrimônio e nem de união estável, o que lhe daria direito de reivindicar atendimento de saúde ao companheiro. O Exército informou que está “ciente da cerimônia de caráter social (sem efeito religioso ou civil) realizado pelo oficial”, mas nega que a união civil feita em cartório foi para que o companheiro do militar tivesse acesso a unidades de saúde em unidades militares. Em 5 de maio de 2011, o Supremo Tribunal Federal (STF) reconheceu a união estável para casais do mesmo sexo.
Em 2008, o ex-sargento do Exército Fernando Alcântara assumiu a união gay com o então sargento Lacy Gomes. Fernando afirmou que luta para ter sua relação reconhecida pelo Exército e ter garantido o direito ao atendimento de saúde.
“Negaram (o direito), dizendo que a união teria que ser registrada em cartório”, contou, destacando que Lacy foi considerado incapaz para o serviço por problemas neurológicos não relacionados à atividade militar. “Com isso, ele iria para a reserva ganhando menos da metade do vencimento”, afirmou destacando que com isso Lacy continua na ativa.
Os mesmos direitos dos heterossexuais
Superintendente da Secretaria Estadual de Assistência Social e Direitos Humanos e coordenador estadual do programa Rio Sem Homofobia, Claudio Nascimento diz que os gays têm o direito de reivindicar seus direitos constitucionais, mesmo os que pertencem às Forças Armadas.
“Se quem exerce função de comando e é casado tem direito a morar em vilas militares, por que os homossexuais não teriam o mesmo direito? A lei é para todos e o Exército, a Marinha e a Aeronáutica têm que obedecer à legislação”, explica.
Casado com um marinheiro, em cerimônia realizada no ano passado, Nascimento afirma que o fim da intolerância só vai acontecer quando os direitos forem respeitados. “Só queremos os mesmos direitos que os dos casais heterossexuais”, diz.
Fonte: O dia online

Homem que se diz reencarnação de Jesus afirma que o mundo acabará dia 30 de Junho


Homem que se diz reencarnação de Jesus afirma que o mundo acabará dia 30 de Junho
As diversas conjeturas sobre o fim do mundo durante o ano de 2012 ganharam uma nova previsão: 30/06.
Segundo o líder da seita Cresciendo em Gracia (Crescendo em Graça), José Luis de Jesús Miranda, o fim dos tempos não acontecerá no prazo estipulado pela profecia maia.

Porém, em sua previsão, o mundo acabará no dia 30 de Junho apenas para os que não seguem sua seita. De acordo com o site do Globo, Miranda e seus seguidores afirmam que governarão o mundo a partir dessa data, com “justiça e igualdade”.
Miranda era um pastor pentecostal em Miami, e nos anos 1980 fundou a seita, afirmando ser a segunda reencarnação de Jesus. A primeira reencarnação de Cristo, segundo a doutrina da Cresciendo em Gracia, teria sido o apóstolo Paulo.
A seita possui templos em 35 países, incluindo o Brasil, e conta com um canal de TV nos Estados Unidos. Seus seguidores tatuam o número 666 no corpo como símbolo de “prosperidade, amor e riqueza”.

quarta-feira, 20 de junho de 2012

Ahmadinejad cita Jesus Cristo e fala de nova ordem mundial no Rio+20


Ahmadinejad cita Jesus Cristo e fala de nova ordem mundial no Rio+20
O presidente iraniano Mahmoud Ahmadinejad fez um pronunciamento bastante curioso na plenária da reunião de Cúpula da Rio+20 nesta quarta-feira (20) no Rio de Janeiro ao citar Jesus Cristo.
“A figura do ser humano perfeito deve emergir junto de Jesus Cristo”, disse ele que fez críticas contra os países desenvolvidos e contra a própria ONU.
Ele acredita que esse “pequeno grupo de países” ricos impõe padrões de consumo e comportamento forçando os mais pobres a seguir seus passos. “Isso tem a ver com uma ordem injusta imposta por nações que pretendem manter a hegemonia sobre o mundo”, disse.
Ahmadinejad profetiza também uma nova ordem internacional já que a ordem atual está em colapso. “Após o colapso da antiga ordem, a repetição de erros é imperdoável. Uma nova ordem deve ser estabelecida por líderes de boa-fé e esse dia está chegando.”
Nessa reunião que diversos representantes de lideranças mundiais discutem sobre Desenvolvimento Sustentável, Ahmadineaj falou sobre a importância de trabalhar em conjunto com outros países para melhorar a situação atual.
“Todas as nações e todos governos eleitos democraticamente devem participar, construtivamente, com compromissos, no gerenciamento do mundo baseado em compaixão,” disse.
Com informações Veja.com

Ex-terrorista convertido fará filme para mostrar a “verdadeira face do Islã”


Mosab Hassan Yousef
Mosab Hassan Yousef é filho de um dos fundadores da organização terrorista Hamas. Ele ficou famoso por ter se convertido ao cristianismo e escrito o best seller “Filho do Hamas”. Na autobiografia, ele narra como foi um agente secreto para Israel durante uma década. Os palestinos seguidores do Hamas o consideram um traidor, e o seu pai, sheik Hassan Yousef o deserdou.
Às vésperas de completar 18 anos, cheio de raiva e desejo de vingança, Mosab decidiu assumir um papel ativo no combate aos inimigos do seu povo, os palestinos, mas acabou sendo preso e levado para um centro de interrogatórios israelense.
Após passar dias sob tortura, recebeu uma proposta do Shin Bet, o serviço de inteligência interno de Israel: sua liberdade em troca da colaboração para identificar os líderes do Hamas responsáveis por ataques terroristas.
Ao questionar o sentido de um conflito que só traz sofrimento para os inocentes, sejam eles palestinos ou israelenses, aceitou se tornar espião do Shin Bet. Vivendo uma vida dupla, precisou fazer escolhas arriscadas para conter a violência de uma das organizações terroristas mais perigosas do mundo.
Agora, cinco anos após ser jurado de morte e ter fugido para os EUA, ele voltou a Israel para dar conferências, a convite do jurista árabe Ayoob Kara. O porta-voz do jurista, Mendi Safadi, informou que Yousef ficará em Israel durante quase um mês dando palestras em universidades e outros locais.
Mas sua chegada não foi tranqüila. O jornal Haaretz relatou que Yousef chegou a Israel sem ter um visto, tendo ficado detido no aeroporto por várias horas.
Durante uma entrevista coletiva ele disse aos repórteres que está preparando um filme, pois “este é o momento para expor a verdadeira natureza do Islã. O Islã não é uma religião de paz”, afirmou Yousef.
“O Islamismo é uma religião de guerra e a maioria dos muçulmanos não entende a verdadeira natureza do Islã. Eu gostaria de anunciar isso aqui em Jerusalém, próximo ao Monte do Templo”.
Perguntado se tem algum arrependimento sobre ter escolhido a fé cristã, declarou: “Normalmente as pessoas têm vergonha quando fazem algo errado. As pessoas gostam de viver na escuridão… Eu vivo na luz. Eu não fiz nada de errado, estou ajudando a salvar vidas”.
A mãe de Yousef, Rubha, foi procurada pela imprensa para falar sobre a volta do filho ao seu pais de origem, mas foi enfática: “Ele deu sua lealdade a uma religião diferente do Islamismo. Somos muçulmanos e ele atacou a nossa religião. Eu não devo ser tratada como sua mãe porque ele não é mais meu filho”.
Reportagem sobre o Mosab Yousef:
Traduzido e adaptado de CBN

terça-feira, 19 de junho de 2012

Televisão cristã estadunidense tira do ar e dá um pé nos pregadores da prosperidade


Uma emissora de TV cristã nos Estados Unidos baniu de sua programação os pregadores que enfatizam o enriquecimento através da teologia da prosperidade.

A DoersTV, comandada pelo pastor David Wright possui em seu site uma publicação em que afirma ser “um canal de TV cristão livre, com a missão de difundir o evangelho de Jesus Cristo” e que “enfatiza a segurança dos valores de entretenimento familiar para cristãos em todo o mundo, com mais de 21 canais abertos pela internet”, de acordo com informações do Christian News Wire.

A decisão tomada, de acordo com a informação divulgada pela assessoria de imprensa do canal, serve para manter fora de sua programação a veiculação de mensagens que caracterizem o “evangelho da prosperidade falsa”.

O contrato de uso do espaço na grade da emissora possui uma cláusula que também exclui qualquer pregador que seja pego em escândalos sexuais, mesmo com arrependimento público. Ministros que levem uma vida de luxo também não são bem vindos na DoersTV. “Basta é basta! Milhões de cristãos e não-cristãos estão doentes e cansados desses cafetões no púlpito” afirmou o diretor executivo do canal, David Wright.

Segundo o pastor Wright, muitos dos pregadores são incoerentes com a mensagem que transmitem: “Como podemos nós, os ministros de Deus, pregarmos o evangelho aos pobres e roubá-los ao mesmo tempo? Como podemos dizer ao marido para ser fiel quando estamos dormindo com a esposa dele? Como podemos pregar contra a homossexualidade e praticá-la ao mesmo tempo? Como podemos viver em mansões enquanto nossas congregações vivem na favela?”, questionou Wright.

 O canal, com essa decisão, abriu mão de grande parte da receita que poderia arrecadar alugando espaço para televangelistas que propagam a teologia da prosperidade. “Eu sei que nós poderíamos fazer um caminhão de dinheiro cobrando essas igrejas e ministérios. Não que não precisemos do dinheiro, mas quando Jesus disse “de graça recebestes, de graça daí”, foi exatamente o que resolvemos fazer”, disse o pastor, revelando que o canal oferece espaço gratuitamente a igrejas que tenham interesse em veicular através da DoersTV.


Assista às transmissões da DoersTV neste link.
  
Fonte: Gospelmais

sexta-feira, 15 de junho de 2012

Brasileiro será congelado para voltar viver no futuro

<CF84><CO_01_PAPEL><CJ2>Ligia afirma que pai sempre manifestou desejo de ser congelado | Foto: Ernesto Carriço / Agência O Dia
Rio -  Uma carioca resolveu apostar na ciência que promete a vida eterna. A servidora pública Lígia Cristina de Mello Monteiro, 32 anos, conseguiu decisão favorável na 20ª Câmara Cível na batalha judicial que trava contra duas irmãs para congelar o corpo do pai, morto aos 82 anos, no dia 22 de fevereiro.
Ela alega que era vontade do militar Luiz Felippe Dias de Andrade Monteiro ser submetido a criogenia (congelamento do cadáver para possível ressurreição), mas as irmãs dizem que nunca ouviram o pedido e querem sepultar o pai em Canoas (RS).
Ligia pôs o corpo na Riopax, uma funerária brasileira no Rio. Está em um caixão de zinco com 20 quilos de gelo seco, sob a supervisão do Instituto americano Cryonics. “A minha batalha é uma prova de amor”, sustenta Ligia, filha do segundo casamento. Caso a decisão judicial seja mantida, o militar será o primeiro brasileiro criogenado.

Mas as filhas do primeiro casamento do militar — Carmem Silvia Monteiro Trois, de 51, e Denise Nazaré Bastos Monteiro, 45 — lutam pelo sepultamento. “Meu pai nunca falou que queria ser congelado. Mantínhamos contato com ele sempre. Queremos sepultá-lo no jazigo da família”, reage Carmem.
Para isso, o advogado Rodrigo Crespo vai recorrer da decisão da 20ª Câmara Cível, que não foi por unanimidade. Dois desembargadores votaram a favor do congelamento e um contra. “Agora, outra Câmara vai julgar o caso”, diz Crespo.
O presidente do Cryonics, Ben Best, garante que só recebe o paciente se todos os membros da família consentirem. Ele afirmou que se o corpo for mantido em gelo seco desde a morte e transportado para o instituto da mesma forma, a decomposição é evitada e ele pode passar pelo procedimento mesmo após meses do óbito.
Foto: Reprodução
Brasileiro já é sócio
Apenas um brasileiro já se candidatou para ser criogenado até hoje. O filósofo paulista Diego, de 25 anos, que pediu para não ter o sobrenome divulgado, se associou ao Instituto Cryonics em 2009. Pagou uma inscrição de 1.200 dólares para fazer parte do grupo.

“Gosto muito de viver, sempre vou querer estar vivo no dia seguinte. Não vejo razão para deixar de fazer algo tão legal quanto viver. Sei que a criogenia tem uma probabilidade ainda baixa de dar certo, talvez de 1%. Mas 1% é melhor do que a morte”, define Diego.

Ele faz mestrado em Filosofia na USP, dirige um instituto que estuda ética na evolução tecnológica e está sendo personagem de documentário brasileiro sobre o assunto. O filósofo revela que, uma vez associado ao instituto, há duas maneiras de garantir que o procedimento seja pago e realizado após a morte.

A maioria dos clientes faz um seguro de vida num valor médio de 100 mil dólares, beneficiando a instituição. Ele começou fazendo isso, mas depois passou à segunda opção: escrever procuração autorizando pessoas a mexerem no seu dinheiro para pagar a intervenção.
“Quero já falar com um advogado para garantir que o processo seja fácil. Hoje a Polícia Federal para os corpos na alfândega e abre para ver se há drogas dentro. Um corpo autopsiado não pode ser criogenado”, diz.

Sonho de não morrer custa mais de R$ 71 mil

Para garantir a criogenia no Instituto Cryonics, é preciso pagar 28 mil dólares (R$ 57.400), se o ‘paciente’ já fizer parte do programa antes da morte. Após, são 35 mil dólares (R$ 71.750).

“O paciente é congelado até a ciência descobrir como ressuscitá-lo. Meu palpite é de que isso aconteça nos próximos 52 anos”, explica Ben Best, presidente do Instituto. Há 111 corpos no Cryonics, incluindo o do fundador, Robert Ettinger.

Duas mil pessoas no mundo manifestaram o desejo de serem criogenadas. “Vou entrar no programa. Como meu pai, quero ser congelada”, anunciou Ligia.

Fonte: Jornal O Dia