quinta-feira, 21 de junho de 2012

Avon retira livros do pastor Silas Malafaia de seu catálogo Após protestos de ativistas gays


Após a criação de uma petição pública por parte de ativistas gays, a empresa de cosméticos Avon resolveu tirar de seu catálogo os livros do pastor Silas Malafaia.
Os títulos, publicados pela editora Central Gospel, eram oferecidos no material que a empresa envia para suas revendedoras. Entre os títulos do pastor que eram vendidos pela Avon, estava o livro “A estratégia: o plano dos homossexuais para transformar a sociedade”.
O abaixo-assinado promovido pelos ativistas gays foi promovido nas redes sociais e acompanhado de protestos nestes mesmos canais, segundo informações do site A Capa.
O pastor Silas Malafaia chegou a declarar que os ativistas gays estavam dando “tiro no pé”, por promovê-lo “com tamanha grandeza”.
Inicialmente a empresa havia se negado a retirar os livros do pastor Silas Malafaia de seu catálogo, e chegou a publicar uma nota em sua página no Facebook, afirmando que tinha “como um de seus mais importantes pilares o respeito à diversidade, em todos os seus aspectos”, e garantia que o objetivo da empresa era “atender de forma ampla e democrática aos consumidores de mais de 100 países, oferecendo uma ampla variedade de cosméticos e outros produtos – entre eles os livros -, para atender à pluralidade de preferências, ideias e estilos de vida”.
Porém, com a dimensão dos protestos, a edição mais recente do catálogo “Moda e Casa”, enviado no dia 13/06 às revendedoras, não contem os títulos do pastor que tradicionalmente eram oferecidos nessa seção. A empresa não esclareceu se a retirada dos livros é definitiva ou provisória.

Nenhum comentário:

Postar um comentário