quinta-feira, 3 de abril de 2014

Pastor causa polêmica ao aparecer em programa de TV cantando ao lado de dançarinas de biquíni

Pastor causa polêmica ao aparecer em programa de TV cantando ao lado de dançarinas de biquíni
A participação de um pastor evangélico em um programa de TV, no qual ele apareceu cantando ao lado de dançarinas de biquíni tem causado polêmica entre evangélicos e pastores em Honduras e outros países da América Central.
O pastor dominicano Ben Hur, da Igreja Vida Abundante, tem enfrentado uma série de críticas devido à sua participação na “maratona de Ligação Internacional”, da Costa Rica, transmitido pelo canal 57. Em um artigo publicado no jornal La Tribuna de Honduras, o pastor Mario Fumero critica o que ele classifica como uma “estranha mutação” que a igreja evangélica está sofrendo.
Fumero afirma que se sentiu incomodado ao ver o líder cristão cantando louvores rodeado de meninas dançando com “roupas íntimas” e levantando as mãos como se estivessem em uma igreja.
Questionado se estaria defendendo a censura em um ambiente cristão, o pastor afirmou que “não podemos restringir a liberdade de religião e de expressão; todos têm direito a fazer o que quiser, mas isso não representa o evangelho e temos de educar as pessoas para não serem cúmplices disso”.
Questionado sobre o ocorrido, o pastor Ben Hur afirma que era um programa em canal secular para o qual foi convidado e participou com a permissão do seu pastor. Segundo a explicação divulgada por Teresa de González, assistente da Igreja Vida Abundante, a apresentação do pastor que motivou a polêmica foi “um show ao vivo em que as dançarinas não faziam parte da sua apresentação” e que o ele ficou surpreso ao saber que os produtores do canal as tinham incluído sem aviso prévio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário