quarta-feira, 10 de junho de 2015

Jornalistas esportivos fazem críticas a Neymar por expressar sua fé na final da Liga dos Campeões

Jornalistas esportivos fazem críticas a Neymar por expressar sua fé na final da Liga dos Campeões
O gesto de fé do atacante Neymar após a conquista da Liga dos Campões no último sábado, 06 de junho, foi criticado por jornalistas que consideraram a postura do jogador errônea.
No jornal O Estado de S. Paulo, Marcelo Rubens Paiva publicou um artigo contrapondo a frase “100% Jesus” exibida por Neymar, e classificou a atitude como “100% desnecessária”.
“O jogo teve quase 1 bilhão de espectadores no mundo todo. Barça talvez seja o time mais popular. Neymar, um dos 3 grandes ídolos internacionais, com MESSI e CRISTIANO RONALDO, empatados na artilharia da Champions. […] Muitos disseram que ele é livre para manifestar sua fé. E é mesmo. Apesar do time que até 2013 se vangloriava de não ser patrocinado por nenhuma empresa, ser agora patrocinado pela Qatar Airways, do país Catar (Qatar), em que 80% são muçulmanos, seguidores do Islã. […] Sou fã de Neymar, e mais ainda de Jesus. Mas sei que cada um deve estar no seu tempo e lugar. 100% desnecessário”, escreveuPaiva.
Juca Kfouri, conhecido por sua aversão a demonstrações de fé nas arenas esportivas, publicou um artigo em seu blog no portal Uol, criticando Neymar, dizendo que ele deveria “brilhar menos” e deixar de falar de sua crença pessoal.
“Na Copa do Mundo, ano passado, o genial brasileiro vendeu cuecas e depois negou. Agora, na Liga dos Campeões, pôs Jesus no jogo desnecessariamente, como já havia feito antes, sempre esquecido de que os derrotados também podem tê-lo em seus corações. Seria tão melhor se certas intimidades fossem como deveriam ser, isto é, apenas íntimas. Até porque, convenhamos, precisar Neymar não precisa”, ironizou Kfouri.
O gesto de usar uma faixa na cabeça com a frase “100% Jesus” durante as comemorações de títulos não é recente. Neymar, que cresceu na Igreja Batista Peniel, na Baixada Santista, já havia usado faixas idênticas em conquistas do Santos Futebol Clube e em equipes de futsal, na infância.
O piloto Alex Dias Ribeiro, que é evangélico, compartilhou em sua página no Facebook um texto escrito pelo juiz federal, professor universitário e escritor William Douglas, em resposta a Juca Kfouri e sua crítica ao jogador.

Nenhum comentário:

Postar um comentário