domingo, 16 de novembro de 2014

A CEIA DO SENHOR JESUS E SEUS PARTICIPANTES

-O que é a Ceia do Senhor ou Santa Ceia?
A CEIA é uma das experiências mais ricas vividas pelo cristão. Ela é uma expressão concreta do amor de Deus e da experiência de pertencer e ser parte de uma Igreja. É o momento mais importante do culto, por isso a MESA DO SENHOR ocupa o lugar central do altar.
Em Lucas 22.19 Jesus disse: ‘fazei isso em MEMÓRIA DE MIM’. Então a CEIA é um MEMORIAL da morte de Jesus. Um momento em que paramos para reconsiderar o que Jesus fez por nós e confirmar nosso compromisso com Ele.
-Por que precisamos participar da  SANTA CEIA?
Leia Mateus 26.26-30 e veja que precisamos cear porque a SANTA CEIA é um momento de:
-v.26PARTILHA;
-v.27RENOVAÇÃO DA ALIANÇA;
-v.28 AÇÃO DE GRAÇAS ;
-v.29ANUNCIAR A VINDA DE JESUS;
-v.30:  PREPARAÇÃO PARA SAIR E VENCER O MUNDO;

-Quem deve participar da CEIA DO SENHOR?
O povo judeu celebrava a páscoa todos os anos e para isso sacrificavam um cordeiro que ao derramar o seu sangue representava o perdão dos pecados e a proteção Divina (Êxodo 12.21-23). Contudo a páscoa era algo muito sério e restrito apenas para o povo de Israel e nenhuma pessoa que não fosse judeu poderia participar (Êxodo 12.43-50).
Da mesma forma que a ceia judaica era somente para o povo de Deus, Jesus celebrou a Ceia apenas com seus discípulos (Leia Mateus 26.26) que prepararam a Ceia do jeito que Jesus mandou (Mateus 26.17-19).
Os critérios para participar da Ceia são:
  1. SER  DISCÍPULO  DE JESUS: Aceitar a Jesus como seu Senhor e Salvador (Lucas 22.14);
  2. SER  BATIZADO: ter compromisso com Deus e com a Igreja (Marcos 16.16);
  3. ESTAR EM COMUNHÃO: com Deus, com o próximo e consigo mesmo (Mateus 22.37-39);
  4. CONFESSAR OS PECADOS: significa reconhecer nossa necessidade do perdão de Cristo e confirmar nosso compromisso com Ele (I João 1.9 e I Coríntios 11.28).

OBSERVAÇÕES:
- A igreja não é dona da MESA DO SENHOR, e sim ministros e participantes, por isso tem a função de orientar, não de julgar quem deve ou não participar (Mateus 7.7 e I Coríntios 11.31).  Jesus disse que Ele mesmo separa o joio do trigo e na última ceia Jesus sabia que Judas o trairia e assim mesmo o deixou participar (João 13.21-30).
-Algumas igrejas consideram as crianças dignas de receber os elementos e se vê na função de orientá-las para viver o evangelho desde cedo. Jesus disse que devemos ser como as crianças(Mateus 18.3) e disse para deixarmos as crianças irem a Ele porque delas é o Reino de Deus(Mateus 19.14). Então, se Jesus disse que elas são exemplo de fé e que não podemos impedi-las de ir a Ele, significa que não podemos negar-lhes algo que Jesus mandou dizendo:“Bebei dele todos”(Mateus 26.27).

-Quando devemos participar da SANTA CEIA?
A igreja primitiva celebrava constantemente a CEIA (Atos 2.42). A igreja evangélica celebra a ceia uma vez por mês. A Ceia deve ser ministrada pelo pastor responsável pela comunidade. Jesus disse: “fazei isso todas as vezes que o beberdes em memória de mim, porque todas as vezes que comerdes este pão e beberdes este cálice anunciais a morte do Senhor até que ele venha (I Coríntios 11.25,26), então não podemos perder nenhuma oportunidade de participar da ceia do Senhor e devemos fazer isso sempre até que Ele venha.

-Como se preparar para participar da Ceia do Senhor?  I Coríntios 11.28
Jesus é ‘o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo’ (João 1.29), que fez um sacrifício muito maior do que o da páscoa judaica (Hebreus 9.11-14), por isso este momento deve ser levado bem a sério.
Leia I Coríntios 11.27-34 e veja que devemos participar da ceia com:
Consciência“aquele que comer indignamente será réu do corpo e do sangue de Cristo” (v.27),
Em arrependimento:“examine-se o homem a si mesmo e assim coma do pão e beba do cálice” (v.28),
Com discernimento: “pois quem come e bebe sem discernir come e bebe juízo para si”(v. 29),
Temor:“eis a razão porque há entre vós muitos doentes e não poucos que dormem”(v.30),
Reflexão:“porque se nos julgássemos a nós mesmos, não seríamos julgados” (v.31),
Disciplina“mas quando julgados somos disciplinados pelo Senhor para não sermos condenados” (v.32),
Organização“quando vos reunis para comer, esperai uns pelos outros” (v.33),
Respeitando as ordens do dirigente:“quanto às demais coisas eu as ordenarei quando for ter convosco” (v. 34).

Nenhum comentário:

Postar um comentário