terça-feira, 28 de outubro de 2014

Cuba autoriza construção de primeira igreja católica em 55 anos

Cuba autoriza construção de primeira igreja católica em 55 anosCuba autoriza construção de primeira igreja em 55 anos
A Igreja Católica Cubana manteve relações tensas com o governo desde a revolução de 1959 que levou o país para a ditadura comunista liderada por Fidel Castro que tomou o poder e passou a governar o país.
Durante esses 55 anos a Igreja Católica não pode abrir novos templos no país, a liberdade religiosa em Cuba é vigiada pelo governo, atitude que nunca agradou o Vaticano e outras instituições religiosas, principalmente cristãs, que enfrentam grande pressão do governo.
Agora a publicação católica “Christian Life” comunica que Igreja Católica recebeu autorização para a construção de uma igreja na cidade de Sandino, localizada na província de Pinar del Rio, ao oeste do país, onde 200 pessoas poderão cultuar a Deus.
A construção da igreja será financiada por doações de católicos que moram em Tampa, na Flórida, e pode significar uma melhora na relação entre o Vaticano e o governo comunista de Cuba.
Durante todos esses anos dois padres estiveram visitando a ilha, João Paulo II e Bento XVI. A visita do antecessor de Francisco teve grandes efeitos, um deles foi a declaração da Sexta-Feira Santa como feriado. Já a visita de João Paulo II fez com que Fidel Castro, isso em 1997, aceitasse incluir o Natal entre os feriados nacionais. Com informações G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário