segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

Líderes evangélicos apoiarão candidatos diferentes no RJ

Líderes evangélicos apoiarão candidatos diferentes no RJLíderes evangélicos apoiarão candidatos diferentes no RJ
Faltando cerca oito meses para as eleições de 2014 alguns líderes evangélicos já foram procurados e já confirmaram apoio político para os candidatos ao governo do Rio de Janeiro.
O voto dos religiosos está cada vez mais disputado, mas as diferenças denominacionais interferem no resultado final, já que não há acordo entre as principais igrejas.
Os candidatos ao governo do Rio são: Lindbergh Farias (PT), Fernando Pezão (PMDB), Anthony Garotinho (PR) e Marcelo Crivella (PRB) cada um deles já conta com o apoio de lideranças diferentes do Estado.
O pastor Silas Malafaia, da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, já confirmou seu apoio ao senador do PT. Farias já foi até a sede da ADVEC, no bairro da Penha, e recebeu uma oração do líder religioso que não quer apoiar, em hipótese alguma, o indicado do PMDB.
Em entrevista ao jornal O GLOBO, Malafaia afirmou que teve uma conversa com Pezão e explicou seus motivos para não apoiá-lo: “Pezão, lamento dizer. Você representa o governador Sérgio Cabral. E o Cabral não cumpriu nenhum acordo. Ao contrário: fez de tudo para beneficiar a causa gay no legislativo. Agora, se ele quiser votos, que procure os gays”.
Já o pastor da Assembleia de Deus Madureira, o bispo Manoel Ferreira, deve apoiar Pezão que já até discursou para os pastores que participaram da Convenção Estadual das Assembleias de Deus do Ministério Madureira no estado do Rio (Conemad-RJ) no ano passado.
Outro líder evangélico de grande influência no Rio de Janeiro é o missionário R.R. Soares que vai apoiar a candidatura de Anthony Garotinho. Os filhos de R.R. Soares já atuam na política, Marcos Soares, que hoje é deputado estadual, tentará uma vaga na Câmara Federal, enquanto que Filipe Soares tentará a vaga na Assembleia Legislativa.
A Igreja Universal, uma das maiores do país, vai dar todo apoio para a candidatura de Marcelo Crivella, que lidera as pesquisas de intenção de votos no Rio de Janeiro.
Sobrinho do bispo Edir Macedo, Crivella tem uma vida política admirada pela população do Rio de Janeiro que na última eleição o escolheu como senador da república.
A Igreja Mundial do Poder de Deus também entrará nessa disputa, mas até o momento a liderança não escolheu qual candidato irá apoiar. Lindbergh, Pezão e Garotinho já procuraram os representantes da IMPD no Rio de Janeiro e o senador petista até já participou de um culto da denominação.
“O grupo da igreja já está trabalhando, mas ainda é cedo para uma decisão”, afirmou o deputado federal, pastor Francisco Floriano, braço-direito de Valdomiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário