quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

Jovens da Igreja Universal agridem equipe de reportagem de emissora ligada a Rede Globo

Jovens da Igreja Universal agridem equipe de reportagem de emissora ligada a Rede Globo
Uma equipe de reportagem da TV Tribuna, afiliada da Rede Globo, foi agredida por jovens ligados à Igreja Universal do Reino de Deus em Santos, no último final de semana.
A cidade litorânea sofreu com um temporal no último domingo, 23 de fevereiro, e provocou um acidente que interrompeu um evento promovido pela Força Jovem, projeto da denominação do bispo Edir Macedo voltado aos jovens.
A estrutura montada no Emissário Submarino foi levada pelo vento e algumas pessoas ficaram feridas. A reportagem da emissora foi acionada para cobrir o caso, e foi recebida com hostilidade por jovens que participavam do evento.
Os participantes tentaram intimidar a equipe, obstruindo o trabalho de reportagem. Em determinados momentos, chegaram a tapar as lentes da câmera e afirmavam repetidamente que o evento não poderia ser filmado, assim como os estragos causados pelo vento.
Um dos profissionais contratados para trabalhar no evento contou o que aconteceu com a estrutura: “O vento forte pegou o palco, arrancou as lonas, estrutura caiu, teve gente que se machucou. Teve um banner que voou, estava preso, então, estava puxando o palco. Teve gente que voou lá de cima, teve gente que foi empurrado pelo vento quando a lona estourou”, disse  o técnico de luz Carlos Augusto Correa.
Já Flavio Silva Martins, administrador do Emissário Submarino, local onde o evento foi realizado, afirmou que os organizadores tinham autorização da prefeitura, mas não aceitaram o conselho de encerrar o evento assim que começou a tempestade: “Quando teve a primeira tempestade eu também aconselhei aos organizadores que encerrassem o evento porque a tempestade já tinha acontecido. Acharam que não. Eu também não tenho autoridade pra encerrar o evento”, afirmou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário