segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Caio Fábio diz que deixou de ser evangélico para pregar o evangelho

Caio Fábio diz que deixou de ser evangélico para pregar o evangelhoCaio Fábio diz que deixou de ser evangélico para pregar o evangelho
Em seu programa na “Vem e Vê TV” Caio Fábio disse que não é mais evangélico e que escolheu deixar de ser, para poder seguir o Evangelho de Jesus e pregá-lo até mesmo para os evangélicos.
O vídeo postado na internet mostra o ex-reverendo presbiteriano dizendo que toma cerveja e gosta de vinho e licores. Sabendo que poderá ser criticado por essas declarações ele diz que a pessoa que se chocar com o fato dele tomar bebidas alcoólicas terá dois trabalhos: “um de ficar e outro de ‘desficar’”.
“A minha religião proíbe impor abstinência às pessoas como Paulo diz”, disse Caio Fábio. “Eu não sou evangélico, ao contrário, eu tive que deixar de ser evangélico para ser do Evangelho de Jesus”.
Ele lembra que já foi o ícone entre os evangélicos e que sempre era procurado para representá-los. “Chegou uma hora que eu concluí que para eu ser útil à Igreja eu precisava sair”.
Caio Fábio lembra que na época muitas pessoas não concordaram com a sua saída e que mesmo depois muitas denominações, incluindo a Presbiteriana, o convidaram para fazer parte e voltar a ser pastor evangélico.
Não querendo mais fazer parte do que ele chama de “cinismo”, Caio Fábio passou a escrever um glossário redefinindo palavras e termos que, em sua visão, os evangélicos fizeram perder o sentido.
Assista:

Nenhum comentário:

Postar um comentário