sábado, 31 de dezembro de 2011

Música evangélica invade Caldeirão com Diante do Trono e Pregador Luo. VEJA O VÍDEO

Neste sábado, Luciano Huck provou que o Caldeirão é lugar de agregar e união entre todas as diferenças e credos. O apresentador recebeu no palco Ana Paula Valadão e o grupo Diante do Trono. A cantora evangélica agitou o público cearense com o sucesso “Hosana”, de sua autoria. A banda gospel surgiu em 1998 e após 13 anos de estrada já conquistou milhares de fãs.
Ana Paula e seus companheiros se apresentaram no “Festival Promessas” transmitido este mês pela Rede Globo e que levou milhares de pessoas ao Aterro do Flamengo, Rio de Janeiro.
Ainda no clima gospel, Luciano Huck recebeu também neste último programa de 2011 o ícone da música gospel, Pregador Luo. O rapper cantou a música “Som pro Verão” agitando a arena montada especialmente para o Caldeirão de Praia. O cantor, que iniciou a carreira em 2003, foi indicado este ano ao Troféu Promessas, que premia anualmente os melhores artistas da música gospel.





USA é suspeito de espalhar câncer nos líderes Sul-americanos, diz Hugo Chávez

Hugo Chávez, líder da Venezuela, considera muito estranho os diagnósticos sucessivos de câncer entre os líderes da América Latina e diz acreditar que os americanos possam ter induzido a doença nos afetados.

  • Hugo Chávez

Além dele, também tiveram que se submeter a tratamentos o presidente do Paraguai, Fernando Lugo e o ex-líder cubano Fidel Castro.
O próprio venezuelano foi um dos atingidos. Ele está em fase final do tratamento contra o câncer que adquiriu na área abdominal. Chávez se submeteu a uma cirurgia para retirada do tumor em julho deste ano. Até hoje ele não revelou qual parte específica de seu corpo foi contagiada.
No Brasil, a atual presidente Dilma Rousseff se curou em 2009 de um câncer linfático, e o ex-presidente, Luiz Inácio Lula da Silva, está em fase final do tratamento contra o câncer que o atingiu na laringe.
A última a entrar nesta lista foi a presidenta da Argentina, Cristina Kirchner, que deverá se afastar do cargo durante 20 dias para iniciar procedimentos médicos contra o tumor descoberto em sua tireoide.
Em declarações divulgadas pela agência de notícias AFP, Chávez questionou se “seria estranho terem desenvolvido uma tecnologia para induzir cancro que ninguém conheça até agora, e só se descubra isto daqui a 50 anos?”
"É muito difícil explicar o que está acontecendo conosco na América Latina, mas não deixa de ser estranho, muito estranho", completou Chávez durante um discurso realizado diante das Forças Armadas.
Como que em resposta aos “ataques”, o chefe de Estado venezuelano deu "boas vindas" à cúpula de "vencedores do câncer", que ele planeja realizar no começo de 2012. Entre os participantes convidados estão Dilma Rousseff, Luiz Inácio Lula da Silva e Fernando Lugo, presidente do Paraguai.
No poder desde 1999, o líder acusa os EUA de terem a intenção de tirá-lo do poder após as eleições presidenciais de outubro de 2012, quando disputará o terceiro mandato consecutivo.
Para encerrar, Chávez recomendou cuidados extras para os líderes sul-americanos que ainda não ingressaram na lista dos afetados pela doença: Evo Morales, presidente da Bolívia, e Rafael Correa, do Equador.



Pastor vende objetos doados pelo Baú da Felicidade à igreja

Doações feitas para uma igreja em Jaguapitã, no Paraná feitas pela empresa Baú da Felicidade estavam sendo comercializadas de forma irregular pelo pastor da igreja Fonte de Águas Vivas.

Os produtos estavam sendo comercializados na loja do irmão do líder religioso, sem nota fiscal. Os produtos estavam sendo doados para projetos assistenciais da igreja. A descoberta do esquema foi feita pela Polícia Civil com a ajuda da Receita Estadual, segundo o G1.
Nesta quarta-feira (28) encontram um depósito onde estavam sendo guardadas mercadorias, a maioria móveis, no valor de R$ 400 mil. O pastor tinha feito um acordo com o Baú da felicidade, antes da rede de Silvio Santos ser vendida à cadeia de lojas Magazine Luiza em junho deste ano.
A empresa que vendia as mercadorias foi aberta a pouco tempo e não tinha autorização da Receita Federal nem notas fiscais para operar. A loja foi lacrada pelos fiscais e a máquina registradora apreendida.
O advogado do dono da loja alegou que “seria muito mais prático para a igreja que não tem vocação comercial repassar para um terceiro para que esse fizesse a venda e repassasse os frutos à instituição religiosa.
Os fiscais agora vão conferir a movimentação da igreja e do pastor, para saber o que era feito com o dinheiro da venda das doações. O trabalho de triagem dos produtores deve ser concluído na próxima semana.

Muçulmano joga ácido no rosto de pastor durante o culto de natal

Muçulmano joga ácido no rosto de pastor durante o culto de natal
O pastor Umar Mulinde, da Igreja Evangelho de Vida, em Kampala, Uganda, foi atacado como forma de protesto à sua conversão do islamismo para o cristianismo. O pai de Mulinde era um Imã, líder muçulmano, e sua família sempre foi rigorosa. O pastor foi um xeque antes de abraçar o cristianismo, uma decisão que gerou polêmica em sua comunidade.
O ataque ocorreu por volta das 9h da manhã na véspera do Natal. Um homem entrou na igreja e jogou ácido sobre ele. O pastor foi rapidamente levado para o Hospital Internacional Kampala por membros da igreja. A condição do pastor agora é estável. Com a esposa do seu lado, ele concedeu uma entrevista onde conta os detalhes:
“Eu fui atacado por um homem que dizia ser cristão. Ele me chamou, gritando: “pastor, pastor! Quando me virei para ver quem era, ele derramou ácido no meu rosto”, disse Mulinde. “Quando me virei para fugir, outro homem derramou mais ácido nas minhas costas e saiu correndo e gritando Allah Akbar [Deus é grande]”.
O pastor revela que tinha recebido ameaças há algum tempo, mas não as levou a sério. Como resultado do ácido, ele perdeu o olho direito e teve seu rosto seriamente desfigurado.
Os líderes da Convenção Nacional de Igrejas Pentecostais de Uganda, pediu que o governo identifique os responsáveis ​​pelo ataque e faça justiça. Os pastores já disseram que estão dispostos a contratar a Scotland Yard para rastrear os criminosos.
O bispo David Kiganda, classificou o incidente como “um ato de terrorismo”, e disse que mais pessoas podem estar correndo perigo se o governo não agir rapidamente para prevenir  ataques futuros. Ele também explicou que uma grande vigília de oração está marcada para 31 de dezembro em Nakivubo, onde os fiéis vão orar principalmente pelo pastor Milinde e pelo fim dos atos terroristas em Uganda.
Kiganda disse ainda: “Nós temos liberdade de culto em Uganda, e não há sentido em condenar alguém que decide trocar de religião. Não acredito que podemos matar nosso próprio povo. Deus não é tão fraco que precise de alguém para matar em seu nome. Se Deus estava insatisfeito com os atos Mulinde, faria alguma coisa, não precisaria de outra pessoa”.
O bispo deixou claro, no entanto, que esses ataques não vão desencadear pânico entre a comunidade cristã. Ele classifica as perseguições como naturais. “Jesus também foi perseguido e aterrorizado. Não devemos temer a perseguição. Até mesmo o apóstolo Paulo foi tratado assim, embora não saibamos quem entre nosso rebanho continuará seguindo Jesus”, explicou.
Christian Post

Lula procura ajuda de médium para se curar do câncer


Lula procura ajuda de médium para se curar do câncer
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva recorreu ao auxílio de um médium para tentar se curar do câncer descoberto em sua laringe. No começo de janeiro Lula vai passar por sessões de radioterapia para tentar reduzir pelo menos 75% do tumor.
A doença foi descoberta no final de outubro, e um boletim médico divulgado pelo Hospital Sírio-Libanês, de São Paulo, informou que o tumor maligno na laringe do ex-presidente seria inicialmente tratado por quimioterapia.
Os principais fatores para esse tipo de câncer são o tabagismo e o consumo de álcool. Lula descobriu a enfermidade depois de se queixar de dores na garganta e realizar exames para saber a origem dessas dores.
Ele não é o primeiro a recorrer à ajuda de médiuns para tentar se livrar da doença, o ator Reinaldo Gianecchini também procurou um médium que chegou até mesmo a visitá-lo no hospital.
O ator global descobriu em agosto que também tem câncer e além do tratamento médico recorreu à ajuda espiritual.
Com informações Lauro Jardim

Igreja Universal pede para que seus obreiros tenham apenas um filho

Igreja Universal pede para que seus obreiros tenham apenas um filho
O jornalista Lauro Jardim, da revista Veja, publicou em sua coluna do Radar On-line que a Igreja Universal do Reino de Deus pede para que os pastores tenham apenas um filho e no máximo dois. A informação não foi atribuída a nenhuma fonte de dentro da IURD, mas o jornalista diz que Edir Macedo tem reforçado essa ideia aos seus pastores e bispos.
Em um livro para solteiras a escritora e apresentadora de TV, Nanda Bezerra, casada com o bispo Celso Júnior, diz que ela e seu esposo tomaram a decisão de não terem filhos. Casados há 12 anos  o casal decidiu por não ter filhos para poder se dedicar ao ministério.
“O fato de vivermos uma vida de entrega total àquilo que fazemos também contou, não queríamos nos dividir nem fazer com que uma criança tivesse que sacrificar por algo que foi uma escolha nossa”, escreve Nanda Bezerra no livro 40 Segredos que Toda Solteira Deve Saber.
Ainda sobre o assunto, a esposa do bispo responsável pelos trabalhos da IURD no Reino Unido também conta que tem medo da violência  e encoraja suas leitoras a não se desesperaram pela pressão do chamado ‘relógio biológico’. “Na minha visão aqui não é mais um bom lugar para se viver! Então te pergunto, qual a necessidade de arriscar colocar mais uma vida nesse mundo tão podre e nojento?”, questiona ela.
Apesar de o livro dizer que essa é uma decisão do casal, pessoas próximas a pastores e bispos da IURD sabem que a direção da denominação é realmente não ter filhos ou apenas um, como foi citado pelo jornalista da Veja.

Presépio gay: Igreja metodista dos USA é atacada


Igreja Metodista promove presépio gay e é atacada nos EUA
  • Uma representação “não convencional” da cena de Natal colocada em frente de uma  igreja em Claremont, Califórnia,  foi parcialmente destruída esta semana. A Igreja Metodista Unida de Claremont já tornou uma tradição fazer presépios com mensagens sociais ou políticas.
  • Alguns anos atrás, incluiu no presépio uma cena de guerra no Oriente Médio, em outra ocasião colocou a mãe e o bebê na prisão. Uma de suas cenas natalinas fazia uma representação dos imigrantes que lutam para passar ilegalmente a fronteira EUA /México.
  • Um ano, a natividade descrevia uma família sem-teto. A cena provocou uma efusão improvisada de dar, com os membros da congregação deixando doações de alimentos, roupas e dinheiro.
  • A deste ano retratava três casais sob a estrela e a mensagem “Cristo nasceu”. O detalhe é que a obra do artista John Zachary mostrava dois casais gays.
  • As caixas de madeira com iluminação interna mostravam a silhueta de três casais de mãos dadas: um homem e uma mulher, duas mulheres e dois homens.
  • Na noite do dia 24, alguém derrubou os dois casais de gays e deixou o pé apenas o casal heterossexual. A polícia está tratando do caso como “crime de ódio” contra a comunidade gay, mas nenhum suspeito foi identificado ainda.
  • “O nascimento de Cristo em um estábulo tem muito a ver com a pobreza e a marginalização”, disse o pastor Sharon Rhodes-Wickett. ”O que nossa igreja está tentando fazer através dessas cenas é dizer: ‘Como seria isso hoje?’”.
  • Em 1993, a igreja tomou a decisão de ser uma “congregação inclusiva” que acolhe membros gays, lésbicas e transgêneros. A representação deste ano natividade queria transmitir essa mensagem à comunidade.
  • Ed Kania, 60, um membro da igreja que se identifica como gay, chamou o ato de “vandalismo retrógrado” especialmente porque Claremont é conhecida por ser uma cidade universitária progressista.
  • “É um lembrete de que, embora muitos já nos aceitem, nem todos nos respeitam”, disse ele. ”Estamos todos desapontados, mas estamos usando isso como um ponto de encontro.”

Os membros da igreja e simpatizantes de outras organizações religiosas fizeram uma vigília no local para interceder pelas minorias perseguidas. 
Fonte: LA times

sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Pastora da Baixada, Ana Lúcia é elogiada por Regina Casé no ‘Esquenta’

Quando perguntada sobre os momentos inesquecíveis do "Esquenta!" até agora, Regina Casé não pensa duas vezes antes de incluir a participação da pastora Ana Lúcia, que vai ao ar no próximo domingo. A religiosa foi descoberta pela apresentadora na internet, graças ao vídeo da música pentecostal "Vem comigo dando glória", em que as pessoas cantam e dançam animadamente.
— Eu estava apaixonada por ela há uns dois meses, só via isso no YouTube. Nunca vi uma suingueira tão boa! Decidimos levá-la ao programa e foi incrível. Ela tomou conta da plateia — conta Regina. 
Nascida em Belford Roxo, Ana Lúcia, de 42 anos e pastora há sete, diz que gosta de música desde a infância e só não gravou um CD ainda por falta de grana. E está ansiosa para se ver na televisão: 
— Eu via os programas de TV e falava para minha mãe que um dia ia estar lá. Digo que o programa não esquentou, explodiu. Todo mundo que estava lá — candomblecistas, um padre, a bateria da Unidos da Tijuca — amou. 
Ana Lúcia, cuja banda é formada por ex-pagodeiros, conta que se converteu quando o filho Leandro, hoje com 23 anos, teve leucemia, ainda bebê. 
— Minha mãe me chamou de louca, disse que eu não podia ter deixado o tratamento, mas meu filho se curou. Meu marido me abandonou por eu ter virado crente. Hoje estou noiva e sonho entrar na igreja ao som de "Como é grande o meu amor por você", de Roberto Carlos — conta ela, que também é fã da Marrom: — Outro dia, fui fazer uma oração e na casa tinha um DVD da Alcione. Falei: "Vamos assistir, depois a gente ora (risos)!". Mas nem sempre ouço esse tipo de música. Nem tudo me convém fazer, porque vão me julgar. 
Veja o vídeo "Vem comigo dando glória":





Fonte Notícias cristãs

Militar que assumiu relação gay pede aposentadoria do Exército

Fernando Alcântara de Figueiredo e Laci Araújo, no apartamento onde moram, em Brasília. (Foto: Iara Lemos/G1)

O segundo-sargento Laci Marinho de Araújo, 39 anos, que ficou conhecido por ter assumido a condição de homossexual e por manter uma relação estável de 13 anos com outro militar, ingressou nesta quinta-feira (29) com pedido de aposentadoria do Exército.
Araújo deu entrada no pedido com base em uma "ata de inspeção de saúde" do próprio Exército, na qual é considerado “incapaz definitivamente" para o serviço militar.
Segundo a assessoria do Comando Militar do Planalto, depois da tramitação do pedido, a aposentadoria do militar pode ser publicada em até 60 dias no "Diário Oficial da União".
A história de Araújo e do companheiro dele, Fernando Alcântara de Figueiredo, 38 anos, também segundo-sargento, foi revelada pela revista "Época", em maio de 2008. Na ocasião, ele já estava afastado do Exército por problemas de saúde.
Araújo chegou a ser preso, acusado de deserção (abandono) do serviço militar. Durante esse período, sofreu com crises de depressão. Araújo e Figueiredo argumentam que as crises foram agravadas, em parte, pelo preconceito que dizem ter sofrido em razão da relação homossexual. A assessoria do Comando Militar do Planalto informou que não se manifestaria sobre essa afirmação.
O laudo que permitiu ao militar pedir a aposentadoria afirma que Araújo tem “transtornos mentais”,  “transtorno misto ansioso e depressivo”, "epilepsia" e "outras reações ao estresse grave".
O laudo, assinado por três militares, não o considera “inválido”. Por esse motivo, a aposentadoria, segundo Araújo, deve ser concedida de forma proporcional pelo Exército, de acordo com o tempo de serviço.
“Para mim, é uma imposição que eles [militares] estão fazendo. Vou me aposentar, mas ganhando menos do que eu recebo hoje. É como se eles quisessem se livrar de mim”, disse o militar ao G1.
Nascido em Natal (RN), Araújo entrou na carreira militar há 18 anos por meio do curso preparatório para sargentos do Exército. Chegou a Brasília em 1995, e logo conheceu Figueiredo.
Fernando Alcântara de Figueiredo e Laci Araújo (Foto: Iara Lemos/G1)
Fernando Alcântara de Figueiredo e Laci Araújo
(Foto: Iara Lemos/G1)
A relação entre os dois começou em 1997, e, desde então, os militares dividem o mesmo apartamento, de propriedade do Exército, na Asa Norte, em Brasília.
Quando a aposentadoria de Araújo for publicada, o casal terá de deixar o apartamento. Eles já receberam convites para morar em São Paulo e no Rio de Janeiro, mas admitem interesse em permanecer em Brasília.
“A nossa vida está aqui, mas o apartamento é de minha responsabilidade no Exército. Vamos ter de buscar outro lugar para morar, e com um salário menor” , disse Araújo.
Companheiro de Araújo, Alcântara também diz enfrentar resistências no Exército. Desde 2008, quando Araújo foi preso, Alcântara pediu licença do serviço militar.
Afastado dos trabalhos e sem receber remuneração, o sargento é responsável pelo Instituto Ser, que atende casos de militares vítimas de preconceito no meio militar. Embora ainda possa ser convocado pelo Exército, Alcântara não acredita que um dia possa voltar.
“Eu sinto que é como se eles [Exército] não merecessem minha presença. Por que pelo fato de eu ser homossexual meu sangue tem menos importância para eles que o de um heterossexual?", questiona o militar.
Fonte: G1

PADRE É PRESO NO INÍCIO DESTA MANHÃ SUSPEITO DE ESTUPRAR SEIS MENINAS NO DF

Foto: Ilustração/Google
Foto: Ilustração/Google
Pároco é preso suspeito de estuprar seis meninas no Distrito Federal

Brasília/DF – Um padre foi preso por volta das 6h desta sexta-feira (30) acusado de estuprar seis meninas. O mandado de prisão foi cumprido no condomínio Del Rey, próximo a saída de Unaí, Minas Gerais. O padre foi encaminhado para a Delegacia de Proteção a Criança e ao Adolescente (DPCA). A polícia investiga se ele teriaenvolvimento em outros casos de estupros.
Conhecido como padre Evangelista, ele é pároco da Igreja São Francisco de Assis, localizada na região do condomínio, e integra a Ordem dos Carmelitas. A Arquidiocese de Brasília ainda não se pronunciou sobre o assunto. A assessoria jurídica está tomando conhecimento dos fatos para definir que tipo de acompanhamento será dado ao padre.
O mandado de prisão foi cumprido pela DPCA em parceria com a Delegacia de Operações Especiais (DOE).
 (Correio Braziliense com adaptações)
Padres e Monges trocam socos e vassouradas na igreja da Natividade
Nesta quarta-feira, 28, cerca de 100 padres e monges das igrejas Ortodoxa Grega e Apostólica Armênia trocaram socos e vassouradas dentro da igreja da Natividade, em Belém, na Cisjordânia. O motivo da briga foi a limpeza natalina do local que é ocupado por seis denominações cristãs diferentes.
Para poder controlar a briga a polícia palestina foi chamada e os oficiais precisaram passar pela porta da humildade que é bem estreita e pequena para poder chegar dentro do templo. As confusões na Basílica são consideradas normais.
Vagas Abertas na Garoto, empresa do ramo de alimentos que oferece diversas vagas em São Paulo e no Espírito Santo, conheça as oportunidades.
A igreja de Belém foi construída no século 6 marca o local do nascimento de Jesus e por isso é muito visita por peregrinos. Além de ser a igreja mais antiga da Terra Santa o local tem esse “pequeno” problema: é dividido por seis denominações cristãs e controlado por uma família de muçulmanos.
De acordo com informações a limpeza anual para as celebrações do Natal ortodoxo sempre terminam em confusão, a data será celebrada na próxima semana e por isso os padres e monges estavam negociando quem iria limpar o templo.
Assista reportagem da Globo News:
Com informações R7

Bispo cancela missa do dia 30 para evitar a participação de religiões de matrizes africanas

Lavagem da escadaria depois da missa, em 2010
O bispo Dom Martinez Alvarez, de Corumbá, Mato Grosso do Sul, decidiu cancelar a missa do dia 30 de dezembro na Igreja Matriz para evitar que o ritual feito por integrantes do candomblé e da umbanda aconteçam.
Há sete anos os grupos de religiões de matrizes africanas assistem à Santa Missa do dia 30 sentados nos primeiros bancos da igreja. Após a celebração eles saíam do templo e lavavam a escadaria da igreja.
A participação desses religiosos foi vetada pelo bispo, com consentimento do padre local, e depois dessa decisão eles acharam melhor cancelar a missa. “Não foi um cancelamento de um momento para outro, foi uma decisão pensada”, disse Alvarez.
O motivo foi a falta de coerência religiosa na tradicional missa. “é uma questão doutrinária”, disse Dom Martinez. Ele diz que as duas religiões nunca tiveram um acordo e que, portanto a missa não deveria acontecer.
O presidente da Associação Corumbaense das Religiões de Matrizes Africanas do Pantanal e Região (Acorema) e delegado das religiões de matrizes sul-africanas do Centro Oeste, Clemílson Pereira Medina, nega que tenha sido avisado oficialmente pelo bispo da decisão de cancelar a missa. “Corumbá vai perder com isso, eles [bispo e padre] não estão respeitando nem os fieis da igreja deles; as famílias mais tradicionais da cidade esperam essa missa”, disse.
Medina também afirmou que a lavagem da escadaria vai acontecer no dia 30 mesmo sem ter missa no local. Pois já é um ritual que faz parte da cultura local. Um dia antes eles planejam uma caminhada em defesa da liberdade religiosa.
Com informações G1

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Fotos do pastor Silas Malafaia Manipuladas, tentam ligar ele a maçonaria

Fotos manipuladas tentam ligar pastor Silas Malafaia à Maçonaria
Algumas denominações evangélicas brasileiras tem posição contrária ao envolvimento de seus membros e pastores com a Maçonaria. Outras, não proíbem seus líderes de participarem.
Uma antiga denúncia, que nunca foi comprovada, de que o líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, esteja envolvido com essa sociedade discreta, voltou à tona esta semana.
Algumas fotos estão circulando por email e pela rede social Facebook aparentemente provando o envolvimento do pastor Silas com os maçons. Entretanto, a maioria delas foram claramente alteradas, tendo o símbolo do Esquadro e Compasso Maçônico incluído na imagem.
Uma das imagens manipuladas por computador mostra Malafaia recebendo uma honraria da Câmara Municipal da cidade de Natal e posa com o quadro. A comprovação da edição eletrônica é clara, veja as imagens.
Original:
Manipulada:
Essa não é a primeira vez que a internet é usada para “provar” que Malafaia tem ligação com essa sociedade que possui cerca de 150 mil seguidores que se reúnem em 4.700 lojas no Brasil. Há anos circulam vídeos no Youtube alegando o suposto envolvimento do pastor com a Maçonaria.
Malafaia já desmentiu as acusações várias vezes. Em outubro deste ano ele afirmou que não pertence ao grupo e ainda ironizou as acusações. “Se eu for da Maçonaria, só se a loja for na rua Montevidéo, 1191, e o grão-mestre é Jeová”, citando o endereço da igreja onde preside, no bairro da Penha, Rio de Janeiro.
Infelizmente rumores na Internet quase sempre são espalhados rapidamente e com intenções obscuras. Muitas pessoas repassam a informação sem se certificar de onde ela provém.
Resposta do pastor Silas em seu programa: